Pular para conteúdo
12.SET.19 NOTÍCIAS

Santa Casa realiza evento sobre prevenção ao suicídio

Servidores, usuários, colaboradores e docentes participaram, nesta quinta-feira (12), da palestra “Prevenção ao suicídio e valorização da vida: acolher, ouvir e falar”. O encontro faz parte de uma programação realizada mensalmente na Santa Casa e foi conduzido pela educadora da Universidade do Estado do Pará (Uepa), Izabel Oliveira, com o intuito de reforçar a campanha brasileira Setembro Amarelo, que busca a prevenção ao suicídio.

Izabel Oliveira alerta que é importante compartilhar essas informações com profissionais de diferentes saberes, porque, no dia a dia, estes se deparam com pessoas que apresentam quadros que remetem à tentativa de suicídio, então é preciso estar apto a lidar com estes casos. “O objetivo é focar na prevenção ao suicídio, seja esse paciente da Santa Casa ou de qualquer outro hospital”, destacou.

Ainda segundo a educadora, a Santa Casa é um hospital de ensino e pesquisa, por isso é importante que sejam compartilhadas as experiências vivenciadas no ambiente profissional da instituição, para que essas experiências contribuam para o desenvolvimento de outras pessoas nas mais diversas áreas.

Para Ana Carla Rodrigues, da residência multiprofissional em enfermagem, falar sobre essa questão reforça a ideia de buscar entender não só o paciente, mas o que se passa na cabeça do ser humano, além de também saber como lidar com os colegas de trabalho.

“Esse evento reforça não só a ideia que a gente precisa se cuidar como pessoa, mas que também precisamos saber ouvir o outro. Nem todo o dia a gente vai estar bem. As pessoas têm seus problemas externos e muitos afazeres podem sobrecarregar a nossa capacidade mental. Precisamos perceber no outro o alerta de que ele está precisando de ajuda”, destaca.

04 pontos sobre suicídio:

1.    Quem ameaça se matar não vai fazer, só quer chamar a atenção. Não procede;

2.    Quando o indivíduo sobrevive a uma tentativa de suicídio é sinal que está fora de perigo. Não é verdade.

3.    A pessoa estava deprimida e pensava em suicídio, mas de repente melhorou. Significa que aquele problema passou. Não é verdade.

4.    Não devemos falar sobre o suicídio, pois pode aumentar os riscos. Não é verdade. Tem que falar sim.

Serviço: Quem precisar de ajuda pode recorrer ao Centro de Valorização da Vida (CVV) fone:188, que atende 24h. Mais informações podem ser obtidas pelo: www.cvv.org.br  

 O tema será obordado novamente em uma palestra para servidores no auditório da Santa Casa dia 19 de setembro às 15:30h. 

CONHEÇA TAMBÉM

Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará - 2019 © Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Bredi